Vendo o Golden State Warriors ganhar de todo mundo, de todas as formas, é de se perguntar se um dia eles vão perder pra alguém. O time a cada dia se confirma como franco favorito para o título e com boas chances de bater recordes de vitórias seguidas.

O time já tem o melhor começo da história da liga, com 16 jogos vencidos consecutivamente. Esta sequência tem uma boa chance de aumentar, uma vez que o calendário do time, nos jogos mais próximos, não conta com nenhum grande desafio. Enfrenta o Phoenix Suns na sexta e Sacramento Kings no sábado. Pode dar alguma zebra, os times não são ruins, mas a lógica é o Warriors sapecar pra cima dos rivais.

Depois, o time californiano embarca para uma temporada de sete jogos fora de casa. Apesar disso, boa parte dos times não estão lá muito ajeitados. As maiores ameaças são o Raptors, Pacers e Celtics. Lógico que não é fácil sair toda noite com a vitória e o acúmulo de jogos pode fazer com que o Warriors cometa algum deslize (o Power Index da ESPN diz que o time tem apenas 7% de sair da série de jogos fora de casa invicto).

stephen-curry-esq-do-golden-state-warriors-e-lebron-james-do-cleveland-cavaliers-conversam-durante-jogo-3-das-finais-da-nba-neste-terca-feira-9-1433903540325_956x500

Para igualar recorde de vitórias seguidas, Warriors precisa bater o Cavs na rodada de Natal

O próximo recorde que a franquia busca, antes do total de vitórias em uma temporada, é o de maior sequência invicta. O atual detentor da marca é o Los Angeles Lakers de 71/72, com 33 triunfos consecutivos. Contando os jogos deste começo de temporada e os últimos jogos do campeonato passado, o Golden State já contabiliza 20 vitórias em sequência – o que rende a eles a quarta melhor marca da história.

Para conseguir esta marca, o Warriors teria que se manter sem perder até a rodada do natal – a mais nobre do calendário da NBA -, justamente quando reedita a final do ano passado contra o Cleveland Cavaliers. Uma vitória contra o time de Lebron levaria o GSW a empatar a maior sequencia de partidas ganhas.

Desafio dificílimo, mas possível, vai saber… Torço para esse roteiro perfeito até lá. Seria o jogo da década.