Andre Iguodala, MVP das finais do ano passado e peça fundamental do Golden State Warriors, fez uma confissão no Twitter hoje mais cedo: quando ele pega um motorista ruim no Uber, ele não hesita em infestar o carro com o que ele ‘tem de pior’.

Preocupada com a saúde dos seus colaboradores, a conta do Uber na rede social respondeu ao comentário do ala.

Não sei se Andre detalhou o ocorrido via DM, até porque não tem muito mais o que dizer…

O pessoal até está acostumado com os gases mortais no banco de reservas, mas os ginásios são grandes, a rapaziada já está suada e tal… Não é tão problemático como alguém ‘liberar aquela bomba’ num carro fechado em pleno inverno americano.

Barbeiros: evitem Iguodala!