JJ Redick terminou o jogo de ontem como um destaques da partida. Fez 24 pontos e foi essencial para que o Los Angeles Clippers superasse o Detroit Pistons na prorrogação por 105 a 103. Naturalmente, ele foi o escolhido para aquela entrevista pós-jogo na beira da quadra. O repórter ainda formulava a pergunta quando o jogador já se mostrou claramente perturbado, olhando para todos os lados. Do nada, balbuciou qualquer coisa e saiu correndo, cortando a entrevista logo de cara.

Ninguém entendeu nada na hora, claro, mas o motivo ficou claro logo em seguida: o pessoal do Clippers tem a prática muito madura (não condeno) de fazer com que o último jogador a chegar no vestiário tenha que dançar para os demais.

Pelo visto Redick não curte muito a brincadeira.