Hoje a bola sobe para iniciar a série entre Cleveland Cavaliers e Atlanta Hawks. Apesar do Cleveland ter engatado a sua melhor forma justamente nos playoffs e o Atlanta não estar na mesma toada do ano passado, quando foi o melhor time do Leste, eu estou bastante animado para um confronto competitivo entre os dois times. Na verdade, o que mais me intriga é o duelo entre dois jogadores: Paul Millsap x Kevin Love.

Ano passado este confronto nem rolou quando os times se enfrentaram nos playoffs. Love se machucou e não enfrentou o Hawks. Mesmo sem ele, o Cavs passeou na série – Lebron James quase meteu uma média de triple-double mesmo sendo marcado por um excelente especialista em defesa, DeMarre Carroll.

NBA: Atlanta Hawks at Cleveland Cavaliers

Matchup decisivo: Kevin Love x Paul Millsap

Mesmo que tivesse rolado, o contexto de cada um desses caras é bem peculiar hoje. Kevin Love vem de altos e baixos nesta temporada, mas nos playoffs encontrou seu espaço no time. Nos quatro primeiros jogos dos playoffs deste ano, Love meteu quatro double-doubles, fez 20 pontos ou mais em duas partidas e deu sinais de que pode ser decisivo como sempre foi em Minnesota – coisa rara nesta passagem de dois anos com o Cavs.

Do outro lado, um dos jogadores mais subestimados da liga. Paul Millsap é discreto, mas muito eficiente no ataque e um dos melhores jogadores de defesa em atividade. Já distribuiu 16 tocos nos seis primeiros jogos do mata-mata, roubou sete bolas e registra um defensive rating de 91 pontos a cada 100 posses de bola, uma excelente média.

O cruzamento dos dois jogadores nesta fase do campeonato é crucial: se Love quer se mostrar verdadeiramente útil para o Cleveland daqui para frente, terá que superar a tenacidade e regularidade de Millsap. Love vive a pressão do Cavs ter ido atrás de jogadores para sua posição e manter a boa fase seria fundamental para definir seu futuro junto ao time. Falhar agora, poderia, em um cenário pessimista, fazer com que Kevin entrasse em um espiral de desconfiança parecido com o que Dwight Howard se meteu nos últimos anos – em quatro temporadas deixou de ser um jogador excepcional e virou um estorvo.

Se o Hawks, por outro lado, quer avançar e surpreender a todos, é Paul Millsap que precisa se superar. O jogador tem sido um dos melhores da liga nos dois lados da quadra, mas custa fazer com que seja notado. Na melhor das hipóteses, uma classificação pode ser o desempenho necessário para que o Atlanta tenha cacife para recrutar mais jogadores na offseason e cercar Millsap do talento necessário para se tornar um postulante ao título do Leste.

Na disputa individual, se fosse um campeonato de um a um, eu apostaria em Millsap. Mais completo e dedicado, ele teria todas as condições de anular Love e ainda liderar o ataque do time. Mas do outro lado o Cavs tem Lebron James e Kyrie Irving. A backcourt do Hawks vai se dedicar inteiramente a tentar parar os dois jogadores, mas os armadores do Atlanta não são lá grandes defensores. Além disso, Lebron é um extraterrestre e pará-lo em playoffs é uma tarefa praticamente impossível. Na série, então, Cavs deve levar.

Mas a batalha entre os dois power forwards dos dois times pode definir a moral que cada um dos jogadores terá perante a liga para a próxima temporada.

 

CompartilheShare on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on Reddit0Share on LinkedIn0Email this to someone