Malandramente, Nike esconde tênis de outras marcas na foto oficial da seleção americana

Você nem suspeita, mas aquela foto oficial clássica dos doze jogadores da seleção americana que vão para os Jogos Olímpicos esconde algumas coisas que a fornecedora de material esportivo do USA National Men’s Team não quer mostrar.


Exceto pelo excesso de tratamento no photoshop que faz todo mundo parecer muito mais bonito do que realmente é, ninguém diria que há algum tipo de, digamos, manipulação nesta foto, não? Pois há.

Note que os tênis de Harrison Barnes, Kyle Lowry e Klay Thompson estão escondidos atrás dos colegas, enquanto todos os outros ostentam seus pisantes numa boa. Os três jogadores são os únicos que usam tênis de outras marcas – os dois primeiros da Adidas e o último da chinesa Anta.

Sinceramente eu nunca tinha notado isso e diria que é fruto da imaginação daquele povo que ama uma teoria da conspiração. Mas o jornalista Nick de Paula, insider sobre contratos de fabricantes de tênis de basquete (sim, isso existe), lembrou que toda vez o fotógrafo da seleção americana dá um jeito de esconder os ‘sneakers’ das concorrentes da Nike.

Em 2008, na primeira olimpíada que o time dos EUA teve a Nike como fornecedora de uniformes, já rolou isso.
Todos os Nike bem visíveis. Os Air Jordan e Converse, pertencentes à empresa, também estão ali. Só Dwight Howard está com o pé encoberto – justamente o único atleta que usava um calçado da Adidas.


Em 2012, o controle da Nike sobre a seleção americana chegou ao ponto de que mesmo os jogadores que tinham contratos com outras marcas teriam que usar o ‘tênis da vírgula’ durante os jogos.

Convenientemente ou não, entre os 12 convocados, só Kevin Love era patrocinado por outra empresa – mas como era uma fabricante chinesa, e não uma das gigantes concorrentes, ele conseguiu liberação para usar Nike nas partidas das Olimpíadas. Mesmo assim, mais uma vez, ele foi o único jogador com os pés completamente encobertos na foto oficial do time.

Lembrando que a foto é da SELEÇÃO e não da Nike exatamente, o que abre uma boa discussão sobre o direito da fabricante em exigir este tipo de coisa – e até levanta suspeitas sobre o eventual poder da marca nas convocações e escalações, parecido com o que muita gente garante que acontece no futebol brasileiro. Vai saber…

CompartilheShare on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on Reddit0Share on LinkedIn0Email this to someone

Previous

Varejão rejeita anel de campeão do Cavs

Next

Felicio mostrou que tomou a decisão correta

5 Comments

  1. d

    cara eu tinha entrado no site da nike basketball umas duas horas antes do teu post e visto essa foto la e notado EXATAMENTE isso, só que não sabia dessas outras ai. bizarro
    em 2012 o harden era da nike?

  2. d

    matéria na espn
    durant-admite-presenca-de-tom-brady-quase-o-convenceu-a-assinar-com-os-celtics

    hahahahahhaha
    esse Durant só me decepciona ultimamente

  3. Mudando de assunto, a, seleção de 2012 era muito foda!!

Leave a Reply

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén