[Previsão 16/17] Bucks: a primavera grega

Parece impossível adiar em mais um ano a explosão deste time do Milwaukee Bucks. A decepção do ano passado só foi aliviada por dois aspectos: o Bucks foi o time que tirou a invencibilidade inicial do Golden State Warriors e fez desencantar o sobrenatural Giannis Antetokounmpo.

O núcleo do time, com Kris Middleton (que infelizmente começa a temporada machucado) e Jabari Parker, é bem jovem e promissor. O técnico, Jason Kidd, é criativo e não tem medo de testar. Agora, o momento é de fazer o grego liderar a escalada do time na briga pelos playoffs. O jogador fechou a temporada com atuações e números impressionantes jogando de armador da equipe.

giannis

No final das contas, ele é um point guard que parece ter sido construído em laboratório: grande, esguio, rápido, com boa visão de jogo e fundamentos suficientes para apavorar a marcação. Se tudo der certo, a revolução promovida por Giannis pode mudar o Bucks de patamar.

Offseason
Como de costume, foi um verão tranquilo em Milwaukee – a maior contratação da história via free agent do Bucks foi o mediano Greg Monroe, no ano passado, então já era de se esperar que as coisas seriam calmas por lá. No draft, o principal nome é o polêmico Thon Maker, que muita gente achava que não teria qualidade técnica sequer para ser escolhido no primeiro round. De resto, a aposta é pela evolução dos caras que já estavam na franquia.

Time Provável
PG – Giannis Antetokounmpo / Michael Carter Williams
SG – Matthew Dellavedova / Rashad Vaughn
SF – Kris Middleton / Michael Beasley
PF – Jabari Parker / Mirza Teletovic
C – Greg Monroe / Miles Plumlee / John Henson

Expectativa
O equilíbrio entre o 13º e o 5º lugar no Leste é insano. Certamente o Bucks ficará nesse grupo que briga pelas quatro últimas vagas dos playoffs. Em todo caso, é um time em evolução que deve focar mais em encontrar um grupo forte e entrosado para o futuro do que tentar algo agora. Uma classificação aos playoffs viriam a calhar para dar experiência ao time.

Previous

Kevin Johnson, ex all star, podia perfeitamente ser o prefeito da sua cidade

Next

[Previsão 16/17] Nuggets: não subestimem os ‘underdogs’

2 Comments

  1. Matheus Pinheiro

    Com certeza o time mais interessante de se assistir da temporada.

  2. Herbert

    Thon Maker vai descer o sarrafo na galera!!!

Leave a Reply

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén