Quem vê até pensa que os 20 mil torcedores que lotam a Quicken Loans Arena todos os jogos do Cleveland Cavaliers querem ver o Lebron James, Kyrie Irving e companhia defendendo o título da NBA. Nada disso. Isso está só no pacote. O que o povo realmente quer é comida de graça!

Durante esta semana, o Cavs recebeu o Hawks e levou o primeiro pau da temporada. Perdeu por 110 a 106 em casa. O time começou bem atrás no placar e nos minutos finais tentou buscar a vitória, sem sucesso. Apesar da recuperação ao longo da partida, o que realmente levou a turma ao delírio nas arquibancadas foi Dwight Howard errar dois lances-livres seguidos nos minutos finais do jogo – e não exatamente porque isso não faria o Atlanta abrir vantagem na contagem, mas por causa de uma promoção local garante uma porção de seis nuggets de graça para cada vez que um adversário perder os dois arremessos no quarto período.

goodman

A promoção é comum e acontece em vários ginásios com suas devidas adaptações. Ano passado, por exemplo, na corrida acirrada pelas últimas vagas nos playoffs, Wizards, Bulls e Jazz fizeram ações parecidas. Cada vez que um jogador errasse dois chutes seguidos da linha no quarto tempo, todos ganhariam sanduíches de graça.

A ideia é maravilhosa. Cada vez que um jogador adversário perde o primeiro chute, a torcida inteira fica completamente alucinada com a possibilidade de um segundo erro e, consequentemente, ganhar comida de graça.

Dá até um ânimo quando o time está atrás no placar. Quando geralmente a torcida já está mais afim de ir embora sem pegar muito trânsito, a promoção mantém na arquibancada o pessoal mais desvairado.

Depois deste jogo ai de cima, John Wall até falou que a torcida parece mais empolgada com a possibilidade do sanduíche de graça do que com a vitória do time sobre um rival que disputa uma vaga direta no mata-mata:

E parece que esta histeria coletiva ajuda o time em quadra – ou melhor, prejudica o rival. No ano passado, quando estes três times fizeram campanhas deste tipo, o aproveitamento dos adversários nos lances-livres caiu ligeiramente. Enquanto a média da liga é de 75% de aproveitamento, os rivais de Bulls, Jazz e Knicks acertaram 71%.

A diferença é pequena, mas todo mundo ganha – mesmo que o time perca em quadra.

CompartilheShare on Facebook1.9kShare on Google+0Tweet about this on TwitterShare on Reddit0Share on LinkedIn0Email this to someone