Giannis Antetokounmpo é um monstro. Lidera seu time em pontos, rebotes, tocos, roubadas de bola e aproveitamento nos chutes. É o que mais faz arremessos de quadra e do lance-livre. Está uma fração atrás de Matthew Dellavedova na briga pela liderança em assistências da equipe. Mas seu técnico, Jason Kidd, acredita que a liga não o reconhece ainda como um dos melhores jogadores da temporada. O problema, segundo ele, é o nome do jogador.

Particularmente, eu acho que o fato de jogar em um mercado minúsculo – possivelmente o menor da NBA -, com uma base de fãs modesta e com poucos jogos programados para a tevê aberta americana são justificativas mais plausíveis para o eventual desprezo, mas não dá para se ignorar o fato de que quase ninguém na liga consegue chamá-lo pelo nome que carrega na camisa.

Quando ele entrou na liga, o pessoal do Bucks fez uma brincadeira com o elenco perguntando como era a pronúncia do sobrenome do grego. Poucos se arriscaram e nenhum conseguiu falar.

Mesmo o presidente americano Barack Obama em visita à Grécia tropeçou no nome do jogador quando se arriscou no seu discurso. Sobraram umas letras na hora que tentou arranhar o palavrão.

Os narradores, então, têm pesadelos com a sopa de letrinhas. No começo era impossível, mas ainda hoje eles encontram dificuldades.

Prova disso é que ele tem um dos melhores e mais consolidados apelidos da atualidade no jogo (“Greak Freak”) e basicamente só o chamam assim ou pelo seu primeiro nome, Giannis (fala-se IANIS, sem o som de G). O coitado sofre com a dificuldade do nome mesmo e pela preguiça do pessoal em aprender – o povo americano é, em especial, preguiçoso para tentar falar qualquer coisa diferente do inglês.

gettyimages-495406324

Para quem é familiarizado com a coisa, a pronúncia correta de nome e sobrenome é \YAHN-iss ah-deh-toh-KOON-boh\, mas acho que ler esse tipo de coisa atrapalha mais do que ajuda numa hora dessas.

Ainda acredito que não é a melhor desculpa para justificar a falta de reconhecimento a ele, mas é verdade que esse Antetokounmpo não ajuda.