Jogo 1 – Seg. Maio 1 Rockets @ Spurs, 22h30
Jogo 2 – Qua. Maio 3 Rockets @ Spurs, 22h30
Jogo 3  – Qui. Maio 5 Spurs @ Rockets, 22h30
Jogo 4 – Dom. Maio 7 Spurs @ Rockets, 22h
Jogo 5 – Qua. Maio 9 Rockets @ Spurs, se necessário
Jogo 6 – Sex. Maio 11 Spurs @ Rockets, se necessário
Jogo 7 – Seg. Maio 14 Rockets @ Spurs, se necessário

Confrontos na temporada regular: 3×1

Palpite: Spurs em 7

É a disputa de nível mais alto das quatro semifinais, já que reúne os únicos dois times que, ao meu ver, têm alguma chance de entrar de penetra na final da NBA.

Prevejo uma disputa longa e muito equilibrada. Os dois times têm pontos fortes muito distintos e, ao mesmo tempo, armas para neutralizar as vantagens do rival. O Houston Rockets, por exemplo, é muito difícil de se vencer quando seus jogadores estão com a mão calibrada – é o time que mais chuta de três na liga. Ao mesmo tempo, o San Antonio tem excelentes defensores e um esquema que deixa poucos espaços livres para o arremesso.

O San Antonio Spurs, do outro lado, consegue variar seu jogo como poucos times. Via de regra, ataca lentamente, com inteligência, muitos passes e baseado na versatilidade de Kawhi Leonard. Mas tem qualidade no garrafão e bons chutadores de fora. Ao mesmo tempo, a transição insana do Rockets e o ritmo acelerado do time podem quebrar o ritmo cadenciado do rival do Texas.

Os pontos-chave do confronto são três, ao meu ver. Danny Green vai se capaz de desacelerar James Harden? Ou Gregg Popovich vai colocar Kawhi Leonard sob o risco de carregá-lo de faltas (o Barba é o maior cavador de faltas da liga na atualidade)? Difícil saber qual tática será mais eficiente e qual vai comprometer menos outros aspectos do jogo, como, por exemplo, preservar as pernas e o pulmão de Leonard no ataque.

O encaixe do pick and roll do Houston e a defesa do Spurs nestas jogadas também são pontos cruciais. David Lee e Pau Gasol não são bons defensores e conseguem ser ainda piores na hora de subir para a cabeça do garrafão e trocar no momento do bloqueio. Da mesma forma que Enes Kanter pareceu um inútil completo na série do Rockets contra o Thunder, Gasol e Lee correm o risco de não poderem jogar muitos minutos para que o Spurs não sofra com isso. A solução do Spurs seria dar muitos minutos a Dewayne Deadmon, que defende bem este tipo de jogada, mas que não acrescenta nada no ataque.

Por fim, qual será o matchup de Kawhi Leonard e como a defesa do Houston vai se sair. Trevor Ariza é o defensor mais indicado para a situação, mas o ‘pinball’ ofensivo do Spurs é tão frenético que muitas vezes Leonard vai acabar sobrando para James Harden, Ryan Anderson e outros jogadores do Houston que não são tao talentosos na marcação.

Sinceramente, não acho absurdo que o Rockets passe, uma vez que tem talento de sobra para vencer qualquer time, mas escolho o Spurs única e exclusivamente pelo mando de quadra – que é o critério de desempate que escolhi. Minha única surpresa seria ver uma série decidida em menos de seis jogos.

CompartilheShare on Facebook227Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on Reddit0Share on LinkedIn0Email this to someone