Assim como o Charlotte Hornets, o Detroit Pistons decepcionou bastante na temporada passada. O time parecia cheio de potencial, que ia continuar evoluindo depois de alcançar os playoffs na temporada anterior, mas não foi o que rolou. A dobradinha Andre Drummond e Reggie Jackson não funcionou, Tobias Harris continua um jogador cru que desperta mais dúvidas do que traz soluções, o ataque do time foi lento e ineficiente.

A sensação que dá, saídos de uma temporada em que a franquia venceu só 37 jogos, é que todos os jogadores foram superestimados pela boa temporada em 2015/2016 e que, na verdade, nenhum deles é lá essas coisas.

Andre Drummond, o melhor jogador do time, empacou depois de ter uma temporada excelente. Não evoluiu como é de se esperar de um jogador de 23 anos. Apesar de ser um excelente reboteiro e um pontuador confiável a um palmo da cesta, continua sofrível do lance-livre e simplesmente não pode ficar em quadra nos momentos decisivos por conta dessa grave deficiência.

Tem a seu favor o benefício da dúvida por ter passado um bom tempo longe de Reggie Jackson, armador titular do time. Mas aí que reside a segunda grande decepção da franquia: o jogador passou um bom tempo machucado e quando voltou, fez o time piorar. Com Jackson em quadra, o Detroit foi mais previsível, chutou muito pior, desperdiçou mais bolas e, pior, perdeu muito mais jogos.

Antes dele estrear na temporada, a equipe até que ia entre trancos e barrancos. Estava com uma campanha positiva até ele entrar em quadra, inclusive. Depois, rolou ladeira abaixo. Reggie Jackson, que jogou bem um ano antes e era a principal aposta do time para comandar o ataque, hoje dá sinais de que pode não ter cacife para ser o point guard titular de um time que quer playoffs.

Tobias Harris, outra aposta do time, oscilou muito. Não que seja necessariamente culpa do jogador, que foi a alternativa ofensiva mais confiável do time, mas sofreu com a falta de convicção quanto ao seu papel no elenco. Stan Van Gundy parece que ainda não se decidiu se ele é small forward ou power forward, se é titular ou reserva.

A série de avaliações precipitadas foi além. Kentavious Caldwell Pope foi e deixou de ser a esperança ofensiva do perímetro do time. Boban Marjanovic, foi contratado pra jogar só uma meia dúzia de minutos. Parece que sempre que se meteu a apostar, o front office do Pistons avaliou mal o potencial e o papel dos seus jogadores.

Um bom sinal para a próxima temporada – e que talvez deflagre, na verdade, uma tentativa desesperada de chacoalhar as coisas – é que o time trabalhou em algumas coisas que falharam no ano passado.

Tobias Harris está garantido com mais tempo de quadra com a saída de Marcus Morris e Avery Bradley chegou para suprir a deficiência no backcourt – com liberdade para ser o pontuador do perímetro que KCP não foi e para eventualmente pensar o ataque quando a cabeça de Reggie Jackson se mostrar muito limitada para isso. Boban Marjanovic, a exemplo do final da temporada, deve ser mais usado quando Drummond tiver que ir para o banco de reservas.

Ainda assim, pode ser insuficiente para retomar o mojo de dois anos atrás. Se não conseguir, deve sobrar para o comandante Van Gundy.

Offseason
O time fez uma troca muito interessante, mandando Marcus Morris para o Boston Celtics em troca do baratíssimo e excelente Avery Bradley. Por mais que o ala fosse bom dos dois lados da quadra, Bradley é ainda melhor em uma posição mais problemática. O time de Michigan também foi bem no draft, atrás de um chutador que parece ser eficiente.

Time Provável
PG – Reggie Jackson / Ish Smith / Langston Galloway
SG – Avery Bradley / Luke Kennard
SF – Tobias Harris /Stanley Johnson /Reggie Bullock
PF – Jon Leuer / Anthony Tolliver / Henry Ellison
C – Andre Drummond / Boban Marjanovic

Expectativas
O time não empolga, mas parece discretamente melhor do que o do ano passado. Como a conferência Leste como um todo está pior, tem cacife para brigar pelas últimas posições dos playoffs

Siga o Dois Dribles no Twitter:

CompartilheShare on Facebook156Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on Reddit0Share on LinkedIn0Email this to someone